Vídeo: votação da desafetação vira quebra pau na Câmara Municipal de Salvador

001 (1)
A sessão de votação do projeto de lei do Executivo na Câmara Municipal de Salvador, que trata sobre a desafetação de alguns terrenos públicos na capital, motivo de polêmica entre oposição e governo, terminou em confusão entre os vereadores, nesta quarta-feira (12). O edil Carlos Muniz (Podemos) tentou tomar o microfone do presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM) e a oposição foi para cima, iniciando assim um bate boca generalizado.
A confusão começou quando Léo Prates decidiu iniciar a discussão do projeto. “Vossa Excelência não está cumprido o regimento” disse Aladilce  Souza (PCdoB). “Todo partido tem direito a cinco minutos para discussão da proposição e quando tem o voto vencido no Colégio de Líderes e o presidente não nos quer garantir isso”, justificou a edil. O presidente da Casa garantiu  que dará os cinco minutos de discussão.
*Com informações de Victor Pinto
 Bocão News
 Fotos: Paulo Macedo / Bocão News