Fundação Gregório de Mattos promove ciclo de debates sobre Patrimônio Cultural

- in Cultura
unnamed (1)

A partir de abril, o Salvador Memória Viva, programa que envolve as ações de Patrimônio Cultural, promoverá, dentro das atividades de proteção e estímulo à preservação do patrimônio cultural da Cidade do Salvador, o Patrimônio É… projeto de educação patrimonial que acontecerá na última terça-feira de cada mês, no Espaço Cultural da Barroquinha, sempre às 18h.

Dia 25/04, acontece a abertura e primeira edição do projeto, trazendo o tema Arte urbana: espaços em mutação, com a participação de Bigod – Grafiteiro, Game Designer e Ilustrador, Vanessa Vieira – jornalista, produtora e sócia da Trevo Produções, Profa. Ana Fernandes – Arquiteta e Urbanista, da arquiteta Maria Elisa Campos Pereira – representando o IPHAN e Fernando Guerreiro, presidente da FGM, como mediador.

A ação promoverá encontros mensais que tratarão do patrimônio cultural da cidade, em diálogo com a história, memória, arquitetura, espaço público, educação, gestão e economia da cultura, objetivando criar uma pauta fixa para discutir sobre o assunto; promover a educação patrimonial, através do debate; direcionar as ações dos institutos de tombamento e registro, bem como das instâncias de salvaguarda; instrumentalizar a política do patrimônio municipal, atuar na valorização da memória histórica da cidade, e assim contribuir para a identificação, pertencimento e preservação do seu patrimônio cultural de Salvador.

Para Magnair Barbosa, Gerente de Patrimônio Cultural, “Patrimônio É… um convite a pensar, conhecer e viver a cultura da cidade. Essas são atitudes fundamentais para a valorização e a preservação dos bens culturais, que compõem tanto o mundo material (objetos, prédios, monumentos, espaços, etc) quanto imaterial (saberes, ofícios, festas, devoções, expressões lúdicas, etc). Conhecer para cuidar, para agregar pertencimento e valor, tendo em vista que, patrimônios culturais são bens que traduzem a identidade, devendo assim ser preservados como legado para as futuras gerações, como testemunho de uma tradição.”.

Para Fernando Guerreiro, presidente da Fundação Gregório de Mattos, “Patrimônio É… A nossa identidade. Através dele nos reconhecemos como parte de uma história, ou de várias histórias, que interligadas montam o fantástico quebra cabeças de nosso pertencimento. Através do Patrimônio reconhecemos o passado, vivemos intensamente o presente e podemos construir um futuro mais digno e humano.”.

O evento é gratuito e aberto a estudantes, pesquisadores, professores, profissionais da cultura, artistas e demais interessados. Ao todo serão nove encontros em 2017, com emissão de certificado ao final, para quem participar de, pelo menos, 70% das rodas.

SERVIÇO

O que: Patrimônio É… roda de conversa sobre Patrimônio Cultural com tema Arte urbana: espaços em mutação.  Expositores convidados: Bigod – Grafiteiro, Game Designer e Ilustrador, Vanessa Vieira – jornalista, produtora e sócia da Trevo Produções, Profa. Ana Fernandes – Arquiteta e Urbanista e da arquiteta Maria Elisa Campos Pereira – representado o IPHAN.

Quando: 25/04, às 18h

Onde: Espaço Cultural da Barroquinha